Produtos

Tecnologia Celleron

VANTAGENS NO USO DE CELLERON

  • Fornecimento de N de forma equilibrada e constante às plantas (FBN).
  • Fornecimento de fósforo nos momentos de maior demanda.
  • Sistema radicular mais profundo e abrangente.
  • Maior reciclagem de nutrientes e água.
  • Maior vigor vegetativo.
  • Maior resistência ao estresse hídrico.
  • Plantas mais resistentes às doenças fúngicas e bacterianas.
  • Maior número de flores viáveis e melhor pegamento dos frutos.
  • Maior capacidade de retenção dos frutos durante todo o ciclo.
  • Melhor conversão da biomassa em grãos.
  • Cargas mais intensas e maturação mais uniforme.

AÇÃO

A aplicação de Celleron eleva a concentração de nitrogênio e fósforo na planta. Promove o crescimento mais rápido da parte aérea e do sistema radicular, potencializando a absorção de água e a reciclagem dos nutrientes depositados no solo.

Celleron tem efeito imediato. Ao ser aplicado causa uma explosão vegetativa na planta, levando ao acúmulo de uma grande reserva de energia na forma de biomassa.

Celleron promove um enraizamento intenso da planta, aumentando consideravelmente a resistência ao estresse hídrico.

O produto é recomendado para várias culturas, tais como: soja, arroz, milho, feijão, café, fumo, trigo, cana-de-açúcar, algodão, citros, frutas, verduras, legumes e outras.

TECNOLOGIA CELLERON

A tecnologia contida em Celleron surgiu a partir da observação de que cerca de 78% da constituição gasosa da atmosfera terrestre é formada por nitrogênio molecular ou dinitrogênio (N2), forma não assimilável pelas plantas.

Natureza somente um pequeno número de microorganismos, denominados diazotróficos ou fixadores, é capaz de reduzir o nitrogênio atmosférico (N2) à uma forma assimilável, o nitrogênio orgânico.

Esse processo é chamado de fixação biológica de nitrogênio (FBN), realizado pelo complexo proteico da nitrogenase, enzima que catalisa a reação de redução de N2 em NH+.

Toda planta existente no planeta é o produto de uma seleção natural e um dos critérios para esta seleção foi a capacidade de se adaptar a escassez do nitrogênio no solo.

Toda planta tem uma estreita relação com microorganismos fixadores de nitrogênio, seja com microorganismos associativos (leguminosa) ou de vida livre, encontrados no solo e no interior das plantas, alojados entre as células dos tecidos ou dispersos na seiva.

Compartilhe